terça-feira, 30 de outubro de 2012

Museu Arqueológico de Olympia

Esculturas do Frontão  Leste do Templo de Zeus
No frontão leste do templo de Zeus são apresentadas figuras esculpidas de um dos mitos mais ancestrais da Grécia A Corrida de Bigas entre Oinomaos e Pelops, primazia da península do Peloponeso.
 
Figuras a esquerda de Zeus
A figura de Zeus, a mais alta é central e corresponde a medida mais alta do frontão do templo de Zeus e a sua esquerda está a figura do desafiante Oinomaos, rei de Pisa, seguido da esposa Sterope, logo depois agachado está Myrtilos e atrás dele os cavalos de Oinomanos.
 
 
Figuras a direita de Zeus
A direita de Zeus está a figura de Pelops, vencedor da corrida de bigas contra Oinomaos, logo a sua direita está Hippodameia, filha do rei de Pisa Oinomaos e prêmio para o vencedor da corrida,depois um servidor e logo a seguir os Cavalos de Pelops.
 
 
Figuras em torno de Zeus
A esquerda de Zeus  Oinomaos, que tinha cavalos doados pelo deus Aries e por issso eram invencíveis.A direita de Zeus está o seu desafiante, Pelops, que tinha cavalos doados por Poseidon e por isso também eram invencíveis,a sua direita está Hippodameia, filha do rei de Pisa,Oinomanos, cujo casamento era o prêmio para o vencedor, a sua direita por sua vez, a figura de um servidor e logo depois os cavalos de Pelops, presente do deus Poseidon.
 
Figuras na extremidade a direita de Zeus 
Estão a figura de um observador, de um cocheiro ou servidor e a figura do rio Kladeos, um dos rios de Olympia
 
 
 
Figuras na extremidade a esquerda de Zeus
Reclinado está o rio Alpheios, um dos rios de Olympia ,um cocheiro ou servidor e depois Myrtillos.( Da esquerda para a direita)
 

 
O Mito da Corrida de Bigas entre Oinomaos e Pelops
 
Oinomaos, rei de Pisa, soube da profecia que seria assassinado nas mãos de quem desposasse sua filha Hippodameia.Como  ele tinha ganho de presente cavalos invencíveis do deus Aries,  desafiou a todos os pretendentes em desposar sua filha a  disputar com ele uma corrida de Bigas, o perdedor seria executado. Treze dos pretendentes disputaram a corrida, perderam e foram sacrificados, porém apareceu Pelops, filho de Tântalo, rei da Frísia. Pelops no entanto tinha cavalos dados pelo deus Poseidon, e também eram invencíveis. Na corrida que se seguiu, com a ajuda do cocheiro Myrtilos, assim como a de Hipoddameia,Pelops venceu e executou Oinomaos, fundando assim uma dinastia que controlou toda a península do Peloponeso. Aliás, o nome Peloponeso, provém deste primeiro rei, Pelops.