quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Museu Arqueológico de Olympia

Frontão Oeste do Templo de Zeus
O frontão oeste do templo de Zeus apresenta esta cena mitológica da Batalha entre Lapitas e Centauros, com a figura maior e central de Apolo.
A cena é extremamente expressiva e movimentada , onde os centauros  que  tinham sido convidados para as bodas do rei dos Lapitas, Perithos, com a rainha Deidomeia.  No curso da festa os centauros embebedaram-se e abusaram da hospitalidade do rei assediando Deidameia e outras mulheres lapitas presentes na festa.
 
 
O deus Apolo domina a cena
O centro da cena é dominada por Apolo que impõe a paz e a ordem com a mão direita extendida.A sua esquerda pode-se ver Teseus a ponto de aplicar um golpe a um centauro que assedia brutalmente uma mulher Lapita. 
 
O rei Perithos defende sua noiva Deidameia
A direita de Apolo, o rei Perithos levanta sua arma para desferir um golpe no centauro Eurytionas que assedia  a bela noiva Deidameia, que resiste e procura afastá-lo
 
 
Figuras em luta nas cenas laterais
Figuras femininas e masculinas em luta tentando libertar o assédio dos centauros e na extremidade duas mulheres lapitas deitadas observam a cena tensas e preocupadas.
 
 
Luta para liberar as mulheres do assédio dos centauros
A direita da cena de Tesesu aplicando um golpe de espada no centauro aparece a cena das mulheres repelindo os centauros e homens lutando para libertá-las.
 
 
Teseu aplica um golpe no centauro que assedia uma mulher Lapíta.
 
Defesa das outra mulheres Lapitas
A direita de Apolo, depois da cena onde Perithios ataca com a espada o Centauro Eurytionas, que assedia sua noiva Deidameia, aparece uma cena confusa onde mulhers repelem os centauros enquanto os homens atacam-nos  para liberar as mulheres.
 
 
                                    
Mulheres lapitas deitadas olham a cena tensas e preocupadas.
 
 
Apolo o deus da luz, traz a razão, restaura a moralidade, a virtude e a ordem ao mundo