quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Museu de Delfos

Remanescentes Arquitetônicos do Tesouro dos  Siphinianos
No frontão leste do prédio dos tesouros dos Siphinianos, ó único recuperado, conta uma história da mitologia de Delfos, uma discussão entre Apollo e Héracles a respeito de Tripoide Sagrado, sobre o qual a pitonisa fazia suas previsões.
 
 
 
Desenho que recupera os relevos  do Frontão Leste do Tesouro dos Siphinianos
 Neste desenho fica clara e evidente a querela entre Apolo e Héracles que só foi resolvida com a intervenção de Zeus.
 
 
Frontão Leste do Tesouro do  Siphinianos
Os relevos salvos representam Héracles furioso com a Pythia( a pitonisa) que se negou a fazer uma profecia porque Héracles ainda não tinha espiado o assassinato de Iphitos. Héracles já tinha roubado o tripóide e Apolo está tentando recuperá-lo.


 
 Detalhe do Forntão Leste, onde Hércles toma o tripóide sagrado e é impedido por Apolo que tenta reavê-lo.