sábado, 1 de dezembro de 2012

Areopagos

Colina do Areópagos
Uma colina baixa e pedregosa
A colina do Areópagos é apenas esta pedreira que vemos em frente, logo na saída, ao pé da Acrópole. Para um visitante uma colina como essa nada teria de especial não fossem alguns detalhes: O primeiro está naquela placa de bronze, local onde o São Paulo, no ano de 51 d.C. realizou o seu famoso sermão ¨Ao Deus Desconhecido¨. Neste local havia um altar preparado pelos gregos e reservado ao Deus Desconhecido, o que motivou o discurso de São Paulo e fez com que realizasse sua primeira conversão que foi Dionysius o Areopagita, que depois veio a ser o Santo Patrono de Atenas.
Sermão ao Deus Desconhecido
Placa de Bronze marcando o local do Sermão de São Paulo em 51 d.C.
Posição estratégica diante da Acrópole
Subimos na Colina do Areópago através de uma escada da base até o topo e como se pode ver, é do Areópago que se tem as melhores vistas da Acrópole. Isto é uma vantagem hoje, onde os turistas enxameiam em torno da Acrópole, mas era uma vantagem estratégica para os invasores. Os Persas e Turcos usaram o Areópago para investir contra a Acrópole.
Vista da Acrópole
A partir do topo da colina do Areópago podemos ter impressionantes vistas da Acrópole, onde aparece a escadaria e o Propileu tomado por turistas.
Vista da entrada da Acrópole
A partir do topo da colina do Areópago vendo-se o enxame de turistas na escadaria que leva ao Propileu.
 
                                   
Vista do Monte Lycabethus
A partir do topo da colina do Areópago podemos ter uma belíssima vista de Atenas e a sua mítica montanha de Lycabethus. O termo Areópago quer dizer ¨A Montanha de Ares¨e era o local da Suprema Corte de Justiça da cidade de Atenas, pois foi neste local onde o deus Ares foi julgado por assassinato. Halirróti, filho de Poseidon tentou violar Alcipe, filha de Ares e por isso o deus o atacou e o matou. Contudo Poseidon arrastou Ares para ser julgado por uma corte de doze grandes deuses que se reuniram nesta colina em frente a Acrópole. Ares foi absolvido, mas esta colina passou a se chamar Areópago, colina de Ares.
 
 
Antiga Ágora de Atenas 
Podemos ver também do Areópago, não só esta magnífica vista de Atenas, como também, na parte arborizada a Antiga Ágora, o centro comercial da Atenas Clássica, quando então estava lotada de lojas, estátuas, e ruas que eram as favoritas para o passeio das pessoas afamadas de Atenas.
 
Antiga Ágora e o Templo de Hephaistos
Vistos a partir do Areópago, o templo de Hephaistos era um dos muitos componentes deste centro comercial e cultural agitado da Antiga Ágora.
 
 
Antiga Ágora e a Stoa de Attalos II
A Stoa de Attalos, outro elemento da Antiga Ágora, era o local de reunião para discussão, debates, apresentações e palestras dos intelectuais de Atenas. Foi aí que Sócrates fez muitos de suas palestras incitando os jovens a seguir suas idéias de mortalidade e moralidade. Como se pode ver o prédio foi restaurado entre os anos de 1953 a 1956.
                                  
 Topo do Areópagos e a Acrópole
As pessoas passeiam livremente sobre o terreno rochoso admirando a Acrópole e a Antiga Ágora
 
                                 
O Odeon de Agripa
Também se destaca na paisagem da Antiga Ágora, o Odeon de Agripa.O Odeon de Agripa se destaca a partir daquelas três colunas levantadas que estão ornamentadas por esculturas de deuses ligados ao Teatro.
 
 
Morro das Ninfas
No morro das Ninfas se destaca a figura do Asteroskopeion, o Observatório, construído em 1842 pelo arquiteto germânico Teophil von Hansen e logo a sua direita aparece a igreja moderna Agia Marina, a igreja da devoção das mulheres grávidas.
Com estas colocações esperamos que o visitante não mais se sinta inclinado a não conhecer esta pequena colina de pedra a Colina do Areópago, pois devemos sempre ter em conta que ninguém viaja impunemente pela Grécia, sempre existe um transbordar de história e mitologia que nos conquista e encanta.