terça-feira, 16 de abril de 2013

Bazar das Especiarias, Misir Çarshisi, em Istambul

Visita ao Bazar das Especiarias
 
Interior do Bazar das Especiarias
Muitos são os erros que um visitante pode cometer quando em visita a Istambul, mesmo porque muitas vezes nossas agendas são muito cheias e apertadas. Mas alguns destes erros o turista não deve cometer, entre estes é o de não visitar o Bazar das Especiarias! Por ter muita força de atração, o outro mercado da cidade o Grand Bazar, costuma atrair imediatamente os visitantes, que pelo desbunde e deslumbramento que  provoca, costuma dar uma impressão errada de que nada mais nesta vida em matéria de mercado pode ser melhor apreciado! Pois bem, este é um erro que o turista não deve cometer! Deve isto sim, visitar também( Além do Grand Bazar) o Bazar das Especiarias para, apaziguado, com a consciência tranqüila e depois não sofrer sobressaltos e arrependimentos, poder retornar despreocupado a seus país.
 
Misir Çarshisi, o Bazar das Especiarias
O Bazar egípcio, Misis Çarshisi, foi construído em 1664 para integrar a kulliye de Yeni Cami( Nova Mesquita, próxima ao Bazar). O Bazar tem a forma de ¨L¨ com seis portões. É um cenário fascinante tanto do ponto de vista visual como também nos sabores e aromas. O nome Misir(Egito) se deve ao fato de que as especiarias e ervas vinham originalmente do Egito. Com o tempo, outros produtos foram ocupando espaço, como frutos secos, caviar e açafrão do Irã, favos de mel, chás de todos os sabores e para diferentes receitas medicinais como o chá de Rose Hips, ingrediente presente em algumas marcas de vitamina ¨C¨para potencializar suas ação.
Balcão de Especiarias
As mais diversas cores, sabores e odores são expostas no Misir Çarshisi, Mercado das especiarias. Procurei e achei o açafrão do Irã, comprado por preço  de 10,00 euros cada caixinha que de tão conveniente trouxe um bom estoque para os amigos apreciadores. Agora existe uma diversidade  de especiarias , que nem sonhamos em nossa vã filosofia.
 
Diversidade de Sabores e Odores
As especiarias são temperos usados para proporcionar novos sabores , acentuando o prazer de novos pratos e receitas. São usadas também como para finas cosméticos, medicinais e para aromatizar os ambientes incitando a lembrança e a imaginação.
Valorização dos Cinco Sentidos
Valorizar os cinco sentidos para aproveitar ao máximo o prazer que eles podem oferecer faz parte da cultura oriental e otomana. Sedas, veludos e brocados para o prazer do tato, ouro pedras preciosas, jóias, tapetes e azulejos, arte da caligrafia para encantar a visão. Música instrumental lânguida e nostálgica é para estimular a audição  e a inspiração. Incensos,e especiarias aromáticas são para despertar e aguçar o olfato e refinar o paladar.
 
Atenção na Diversidade
Cada quiosque tem sua especialidade, pode ser incenso, temperos, comidas refinadas como o caviar e também tudo aquilo que estimula e encanta nossos sentidos. Assim podemos nos deparar com uma simples placa de caligrafia, cujo objetivo é sempre acrescentar algo ao espírito. As especiarias visam encantar nossos espíritos. Por sermos ocidentais, na maior parte das vezes desavisados, podemos passar por ofertas encantadoras em sua simplicidade  sem que isso desperte nossa atenção.
 
                                    
O Ouro Também É Considerado Uma Especiaria
O conceito de especiaria é muito amplo, estimula os sentidos para através do prazer encantar o espírito. Nestas lojas podemos encomendar jóias a qual pagamos o preço da cotação do ouro e um acréscimo de 20 por cento devidos a mão de obra. Portanto recomendo sempre muito cuidado e atenção a visitar este empório tão fragrante e colorido, tão oriental em sua essência e que sempre pode conter um ensinamento a mais para nós ocidentais.
 
 
                                       
Outras Atrações do Mercado das Especiarias
Além das especiarias, este bazar oferece hoje uma amostra de quase tudo que está disponível no Grande Bazar, como porcelanas, jóias, narguilés, objetos de marchetaria, xales, cremes, perfumes e muito mais. Sugerimos exercitar e praticar sua arte de barganhar, mas vou avisando, você vai enfrentar profissionais altamente qualificados e comerciantes implacáveis!Sim, mas eles adoram ¨barganhar¨, são mestres no assunto ,mesmo que nós ocidentais mal saibamos o que isso significa.