segunda-feira, 22 de abril de 2013

Grand Bazaar ou Kapali Çarshi, em Istambul

 
Visitando O Grand Bazaar.
                                     
Portão de Entrada
Portão 7 Beyazit Kapisi, com a Tugra do Sultão no alto. Com sessenta e seis ruas e alamedas, cerca de quatro mil lojas, numerosos armazéns, casas de câmbio, uma mesquita, posto do correio, delegacia de polícia, guardas de segurança privada e um centro próprio de saúde, o Grand Bazaar é tido como o maior bazar coberto do mundo!
 
Ruas em Torno da Grand Bazaar
Apinhadas de pessoas o Grand Bazaar atrai multidões o tempo todo. Ao nos dirigirmos ao Grand Bazaar, teremos que aceitar este aspecto, de grandes concentrações humanas, mas pode-se contar também com uma excelente segurança. Em Istambul o assunto entre as pessoas comuns é outro que não a violência, como nas cidades brasileiras.
 
Passagens Amplas com Arcadas e Abóbadas
Esta é a impressão que logos se tem quando entramos no Grand Bazaar. Trata-se de um empreendimento ancestral onde a arquitetura acompanha as suas inúmeras expansões nas mais diversas épocas! Quando Constantinopla foi conquistada pelos turcos otomanos liderados por Mehmet, o Conquistador, a partir de um pequeno armazém ele se tornou o maior mercado coberto do mundo, no passado, centro financeiro da cidade, no qual se concentravam todos os bancos e onde diariamente fortunas mudavam de mão em mão!
 
 
Tempos e Épocas Diferentes, Decoração Alteradas
Conforme a época em que esta ala foi construída, sua arquitetura e decoração são diferentes. Em outras épocas , para o conforto dos clientes, os pisos eram recobertos por tapetes e, ao escurecer, os imensos candelabros iluminados criavam uma atmosfera mágica.
 
 
Cada Ala É Dedicada Exclusivamente a Um Ofício
Conforme você se envereda pelas alamedas e ruas do mercado você se depara com uma exclusividade de ofício para a comercialização do produto. A alameda que estamos vendo por exemplo ,dedica-se a comercialização de confecções e pode-se encontrar produtos não só bons e de qualidade como também a um preço acessível e popular, de forma semelhante as nossas feiras de Importados no Brasil, só que no caso do Grand Bazaar, a coisa é bem mais sofisticada.No Grand Bazaar eram encontrados as mais finas mercadorias disponível ao redor do Império e os artigos eram importados da Europa e da Ásia. Esta tradição é mantida até hoje e , procurando-se bem encontra-se excelentes produtos que são o resultado de uma segura experiência de sofisticação comercial.
 
Caverna do Ali Babá
Muitos produtos negociados na época imperial continuam disponíveis ainda hoje, conforme vamos nos deparando com elas, como pequenas lanternas coloridas que faiscam em muitas das lojas, por isso na maior parte das vezes o Grand Bazaar é considerado uma verdadeira Caverna de Ali Babá, onde o difícil e se decidir, pois veremos lojas com jóais de prata e ouro, têxteis de todos os tipos, toalhas, almo0fadas, lenços e xales. Deve-se ter um certo cuidado, pois para nós visitantes é muito difícil distinguir xales de ¨pashmina¨pura daqueles feitos com fios sintéticos. Como distinguir! Não sei, é difícil, é bom se aconselhar com um guia ou alguém de confiança.
 
Difícil Decidir
Encontramos vasos, potes, pratos e placas de cerâmica com motivos da azulejaria clássica, objetos de madeira com incrustações de madrepérola, como jogos de gamão, tabuleiros de xadrês e caixinhas de todos os formatos, além, de belíssimos exemplos da arte da caligrafia e miniaturas! Saber escolher? Impossível! É melhor seguir o coração, despreocupar-se com o excesso de bagagem e evitar arrepender-se amargamente por não ter comprado algo que parecia ter saído da caverna do Alí Babá e que poderia ter sido nosso, se não fosse aquele vacilo!
 
Lenços e Xales Sofisticados ,Atraentes Irresistíveis
Este, aliás, é um assunto à parte pois xales e lenços  são um acessório fundamental para a mulher muçulmana, que realça seus encantos de forma a subjugar seus admiradores! Mas para nós visitantes, como distinguir os peças de ¨pashmina¨pura dos tecidos sintéticos? Os comerciantes locais, costumam orientar da seguinte forma: Se queimar um fio da franja e for de fio natural, ele se reduzirá a cinzas, mas se for sintético, produzirá um cheiro desagradável de borracha queimada. Quem desejar tentar é só fazer o teste. Se eu fiz? Claro que não, não tive cara !Por isso considero que os comerciantes do Grand Bazaar, são comerciantes implacáveis!
 
                                          
Kulçuler Çarsisi, o Setor de Couros
Existem setores dedicados a artigos de couro, desde bolsas e até roupas de couro. É sempre boma ganhar familiaridade começando a explorar o Grand Bazaar, a partir de setores especializados e conhecidos.
 
Instrumentos Musicais
Neste setor encontraremos uma verdadeira variedade de instrumentos musicais, alguns até desconhecidos para nós visitantes ocidentais e que concerteza logo depois, encontraremos alguém que,sentado a um canto, com este desconhecido instrumento executam música ou rítimo com maestria.
                                   
                                       
Cevahir ou Iç Bdesten, o Antigo Bazar
O núcleo original do complexo no qual se encontram algumas das lojas mais interessantes para jóias e bijuterias.
 
                                         
Comercialização de Lanternas do Grand Bazaar
Estas fontes de luz hipnotizam o olhar, são as pequenas lanternas coloridas que brilham em muitas lojas.
 
                                            
Colares e Amuletos em Exposição
O manuseio de colares é uma técnica oriental desconhecida por nós ocidentais, por isso é bastante curioso a oferta destes produtos em inúmeras lojas,como por exemplo o Teshpih, que em turco significa contas ou rosário. É  também chamado de contas ou pedras da ansiedade, tem um papel importante na cultura islâmica. Ao rezar o Tespih, os religiosos costumam recitar os 99 nomes em louvor de Alá. Existe Também o nazar boncugu, que é um colar com contas e extremidade em um tufo, que evita o mau-olhado.A proteção do nazar boncugu é usada para qualquer coisa nova que possa atrair um sentimento consciente ou inconsciente de inveja ou ressentimento.
 

Iç Bedesten ou Antigo Bazar
Semi jóias e bijuterias são muito encontradas nesta área do Antigo Bazar. Não devemos nos decepcionar com a recepção meio fria e cética por parte dos vendedores na primeira visita , pois estas lojas já tem uma grande clientela local e tem contatos pelo mundo inteiro para comprar jóias originais em prata e pedraria, normalmente sem nenhuma margem para pechincha!
 
 
Iç Bedesten ou Antigo Bazar
Não só de semi-jóias, colares e amuletos podemos contar no Antigo Bazar. encontramos por aquí também artigos em seda, dentro de uma diversidade de tecidos de seda lindos, vendidos a metro, em texturas diversas, e ainda confecionam lenços e echarpes aos quais não convém resistir!
 
 
Fonte de Mármore
Que fica na rua Kesecfler Cad, próxima ao Antigo Bazar e sempre tem uma apelo pitoresco, embora não seja nada impressionante.
 
Comprar no Grand Bazaar Não é Uma Experiência de Consumo
Acho que comprar no Grand Bazaar, exige uma certa consciência daquilo que se quer , especialmente para obter a qualidade que se espera do produto! Portanto isso representa muito mais um desfio a nossa capacidade de escolha, a nossa busca da qualidade e senso de oportunidade quando estiver diante de um produto raro e que muitas vezes passa desapercebido para quem não conhece. Posso sugerir a leitura de livros e catálogos sobre os produtos expostos no Grand Bazaar e se possível o assessoramento de pessoas do ramo e que com certeza possam nos ajudar. E é por isso que gostaria de me desculpar quando comparei o Grand Bazaar as nossas populares Feiras de Importados no Brasil, pois os que o conhecerem verão que são duas coisas importantes, não se duvida, mas muito,muito diferentes!