terça-feira, 23 de abril de 2013

Palácio Submerso, Yerebatan Sarniçi em Istambul

Visitando o Palácio Submerso, Yerebatan Sarniçi
Praça Yerebatan Cad, situada no Sultanahmet, próxima a Aya Sofya
Bem ao lado desta praça fica a Yerebatan Sarnuiçi, o Palácio Submerso, um outro item de Istambul que aparece na apresentação da novela da TV Globo, Salve Jorge.
 
Entrada Para a Cisterna
A cisterna foi construída no Séc  VI durante o reinado do Imperador Justinianus, o mais próspero período do Império Romano do Oriente. A cisterna tem 70 m de largura e 140m de comprimento. A cisterna está coberta por uma cúpula chamada de basílica que cobre 9 800m² e é sustentada por 336 colunas de mármore distribuídas em 12 fileiras, consistindo cada uma de 28 colunas colocadas a uma distância uma da outra de 4m90cm.
 
 
Descida Para a Cisterna
A Cisterna de Yerebatab Sarniçi, era o principal reservatório da cidade de Constantinopla e era alimentada pelo Aqueduto de Valens. As cisternas eram essenciais em períodos de seca ou durante o cerco inimigo pois  com autonomia de água, os bizantinos podiam resistir por mais tempo e quem sabe até virar o jogo.e foi assim durante séculos, até a queda de Constantinopla em 1453.
 
                                    
Cisterna e as Colunas
Podemos ver o depósito de água subterrâneo sob arcadas sustentadas por colunas! É no mínimo um espetáculo grandioso.A cisterna cai9u em desuso depois da conquista otomana, mas foi redescoberta em 1545 por um holandês de nome Petrus Gyllius, após verificar que que os habitantes locais vendiam peixes pescados em poços feitos em suas casas. Pois bem, o holandês desceu em um destes poços e vagou de barco por entre estas colunas através da cisterna, descobrindo este maravilhoso segredo de Constantinopla, então guardada sob sete chaves. Depois Petrus Gyllius registrou estas impressões em seu diário de viagens.
 
Cisterna cobrindo uma área de 9 800 m²
Portanto é um subterrâneo inundado com 336 colunas de mármore, com 9m de altura cada uma. A luz difusa e refletida na superfície da água produz um quadro fantástico!
 
 
Colunas de Mármore com Capitéis da Ordem Jônica e Coríntia 
Algumas poucas colunas são da ordem Dórica e não ornamentadas. A cisterna é cercada por paredes de tijolos com 4m de espessura e a argamassa utilizada na construção é muito especial e a prova d'água.
 
Passarelas Para Percorrer A Cisterna
Pode-se percorrer toda a cisterna em cima de passarelas de madeira bem estruturadas, podendo-se assim ter uma ampla e geral visão das fileiras de colunas.
 
 
 
Capitéis das Colunas em estilo Dórico e Coríntia
Pode-se observar também as arcadas do teto da cisterna perfeitamente preservadas embora existam a mais de 1400 anos!
 
A Restauração da Cisterna
A partir de 1985 a Municipalidade de Istambul restaurou a cisterna e no dia 09 de Setembro de 1987, foi reaberta para visitantes, como um vívido exemplo de Herança Universal da Humanidade.
 
                                  
Àgua Proveniente da Floresta de Belgrado
Através do Aqueduto de Valens, a água da cisterna vem da Floresta de Belgrado a 19 km da cidade de Istambul.
 
 
A Cisterna Contém 80 000 m³
Este local mágico foi cenário do filme de James Bond ¨Moscou Contra 007¨.Os que tiverem curiosidade podem conferir.
 
Os Peixes São Abundantes Na Cisterna
Foi por esse motivo que Petrus Gyllius, em 1545, desconfiou da origem de tanto pescado retirado dos poços dos quintais dos habitantes de Istambul e acabou descobrindo a cisterna.
 
                                    
Cabeça da Medusa
Uma das colunas está apoiada sobre uma base onde foi esculpida a Cabeça da Medusa. A abertura da novela da TV Globo, Salve Jorge, aparece rapidamente esta imagem com a cabeça da Medusa. Devemos sempre lembrar que na mitologia pagã greco-romana a Medusa era uma das irmãs Górgona, imortal que tinha o dom  do feminino intenso. Os homens não suportavam o feminino intenso e eram transformados em pedra! Quando a cisterna foi construída o Cristianismo já era a religião oficial do Império Romano do Oriente e por isso, provavelmente a escultura da Medusa foi aproveitada na cisterna apenas como sobra de algum templo pagão! 
 
                                      
Outra Cabeça da Medusa
Esta está virada de ponta cabeça, invertida! O que é curioso, mas perfeitamente compreensível, pois a escultura foi utilizada muito mais como sobra reutilizável do que como devoção religiosa.