quarta-feira, 3 de abril de 2013

Palácio Topkapi em Istambul- IV

Visita ao Palácio Topkapi-Quarto Pátio do Palácio-
 
Restaurante Konyali
Logo depois de visitar o restaurante anterior, de nome Konyali, encontramos este prédio com uma placa informando que também se chama restaurante Konyali.
                                     
Restaurante Konyali
Para a nossa surpresa o restaurante com aquela placa na porta da frente onde estava escrito Restaurante Konyali. Este foi o último prédio a ser construído em Topkapi e tem indiscutivelmente os melhore cenários de seus pavilhões.
Placa com o Nome de Restaurante
Concluímos que o primeiro é mais ´populoar e este daqui é talvez mais sofisticado e refinado!

Restaurante Konyali
Instalado num prédio com apurada decoração externa.
 
Restaurante Konyali
As pessoas passam pela fachada do restaurante apreciando o espetacular cenário que se descortina em frente ao prédio.Em dias claros pode-se identificar a maioria dos prédios do lado asiático do Bósforo.
 
Restaurante Konyali e um cenário arrebatador do Bósforo.
A cidade de Istambul disputa com as demais cidades do Mundo como tendo uma das maiores belezas cênicas e eu até acredito! A tendência dos brasileiros é comparar Istambul com o Rio de Janeiro, mas acho que a parada é dura! Istambul tem mesmo verdadeiras e inesquecíveis  paisagens, assim como o Rio de Janeiro.
Os visitantes não se cansam de apreciar o belo cenário do Bósforo!
 
Torre do Médico
Um pouco atrás do restaurante Konyali tem esta curiosa torre, chamada por algum motivo que não descobrí de Torre do Médico.
 
 

Pavilhão Mustafa Pasha Köshkü
 
Interior do Pavilhão Mustafá Pasha Köshkü
 
Jardim das Tulipas
O Quarto Pátio se carateriza por grandes áreas gramadas e jardins floridos que são chamados de Jardins Das Tulipas, a flor nacional da Turquia. Podemos ver esculturas em ferro de leões decorando os apurados gramados do Pátio.
 
 
 
Pavilhão Hirka I Saadet Dairesi, ou Pavilhão das Relíquias do Profeta.
Nele estão guardadas as relíquias de Maomé trazidas do Egito e das cidades santas de Meca e de Medina por Selim I, o primeiro califa otomano no Séc XVI, após a conquista do Egito em 1517.As relíquias originalmente só eram vistas pelo Sultão, sua família e seus mais próximos assessores em dias de especial significação religiosa. Seu interior é revestido pelos mais belos azulejos e placas caligráficas com citações do Alcorão. Jovens religiosos se revezam, entoando permanentemente trechos das Suras, Capítulos,do Livro Sagrado, criando uma atmosfera de espiritualidade. Este é um local sagrado para os muçulmanos, portanto felizmente o acesso ao público é restrito. 
 
 
Iftariye, Balcão Recoberto em Bronze Dourado
Um pouco atrás podemos ver o Pavilhão de Bagdá, e diante de tudo uma vista estonteante e memorável !
 
 
 
 
Iftariye, Balcão Recoberto em Bronze Dourado.
É um pequeno balcão projetado, recoberto por um baldaquino em bronze dourado e do qual se tem uma vista deslumbrante  sobre o Golden Horn, ou o Chifre de Ouro, com a Torre de Gálata ao fundo.
 
Vista do Goden Horn ou o Chifre de Ouro.
 A vista obtida do Balcão recoberto por um baldaquino dourado, chamado de Iftariye.
Iftariye, Balcão Recoberto Com Bronze Dourado
Era para este balcão que o Sultão se dirigia todo o fim de tarde, enquanto durasse o Ramadã. Sentado de baixo desta tenda simbólica e rodeado pela corte, ele aguardava o por do sol para quebrar o jejum e fazer o Iftar, a primeira refeição do dia.
 
 
 
Sünet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão
Onde os filhos do sultão eram submetido ao ritual.é uma jóia em painéis com azulejos e placas caligráficas, geralmente citando passagens do Alcorão.
 
Fonte Diante do Pavilhão das Circuncisões
 
 
 
Pavilhão das Circuncisões
Com seu amplo pórtico de Colunas, acima do terraço, e que data do reinado de Ibrahim o Louco( 1640 a 1648). Ibrahim preferia as noites de volúpia às responsabilidades do cargo. Nos oito anos de seu reinado, deixou que a mãe, a valide, comandasse o Império de dentro do harém. Foi um período turbulento, com 13 grão-vizires se sucedendo. O descontentamento só aumentava, bem como a pressão dos Janissários e Ibrahim acabou sendo deposto e executado. Um dos atos mais revoltantes de Ibrahim, o Louco que num ato de loucura mandou afogar no Bósforo 280 concubinas de seu harém. Destas apenas uma se salvou para contar a história, aquela que foi resgatada por um navio francês que estava indo para Paris!
 
 
 Saguão da Fonte
 
 
 Corredor Com Aberturas Guarnecidas de Grades Douradas
Suas paredes são recobertas  de azulejos e placas caligráficas, geralmente contendo passagens do Alcorão.
 
 Sünnet Odasi
O Pavilhão da Circuncisão, seu pórtico de colunas e a ala  Revan Kushkü
Sünnet Odasi. o Pavilhão de Circuncisão
Entrada Para a Câmara de Circuncisão com portalada em granito, placas de caligrafia superiores douradas e inesperada moldura de azulejos coloridos e borda dourada. 
 
 
          
Sünnet Odasi, o Pavilhão de Circuncisão
Parede Externa Com Painel De Azulejos.
 
Sünnet Odasi, o Pavilhão de Circuncisão
Fonte de Ablução, para para ser usada por todos que ali chegassem, para ter uma audiência com o Grão Vizir.
                                    
                                                 
Sünnet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão
Interior da Câmara de Circuncisão, com janelas elevadas com borda de vitral.
A circuncisão, ainda hoje, é uma tradição de grande importância na Turquia.O menino é circundado entre os 5 e 11 anos.
 
 Sünnet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão
Interior da Câmara, de Circuncisão inteiramente recoberta com azulejos em painéis diferentes nas paredes e no teto.
Na cerimônia de circuncisão, alguns dias antes , o menino é paramentado em trajes de gala, com uma capa bordada, debruada de arminho, faixa e cetro na mão. Ele desfila pela cidade como se fosse um pequeno Sultão, acompanhado por parentes e amigos.
Sünnet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão
O teto da Câmara de Circuncisão é formado por quatro losângulos apoiados na base, também inteiramente coberto de painéis e molduras coloridas de azulejos. No momento da circuncisão, o menino é amparado por seu kirve, que para os muçulmanos tem um papel análogo ao do padrinho.
 
 
Sünnet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão
Painéis de azulejos em vários padrões em cor azul e um outro painel com uma arco colorido em verde, amarelo e azul. Após a cerimônia de  circuncisão, o menino, já circundado,é conduzido ao leito de honra, que é enfeitado e colocado no melhor cômodo da casa ou no jardim. O menino se deita neste leito para receber os presentes por sua iniciação e assistir a distrações variadas para esquecer o desconforto.
 
                                             
Sünnet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão
Na Câmara de Circuncisão existem inúmeros painéis de azulejos em padrões diferenciados mesmo que a cor dominante seja o azul. 
 
Sünnet Odasi, o Pavilhão da Circuncisão.
Painel de azulejo realizado em vários padrões diferentes, demonstrando grande maestria.
 
                                          
 
 
Baghdad Köshkü, o Pavilhão de Bagdad
Um edifício em forma cruciforme construída na extremidade do terraço, é o único pavilhão presentemente aberto ao público. Foi construído por Murat IV para celebrar a conquista de Bagdad em 1638.
Baghdad Köshü, o Pavilhão Bagdad
É uma das das estruturas mais interessantes do Quarto Pátio pois é em forma de octágono com uma arcada de colunas ao redor.
Baghdad Köshü, o Pavilhão de Bagdad
O exterior do Pavilhão mostra um magnífico trabalho de azulejos , aberturas com grades douradas e painéis de mármore. As colunas são finas e lembram os troncos de palmeiras.
Baghdad Köshü, o Pavilhão de Bagdad.
Aberturas Superiores Com Vitral Colorido em Meio a Magnífico Trabalho de Azulejos.
Bahgad Köshü, o Pavilhyão de Bagdad
Amplos alpendres com arcos sustentados por colunas finas lembrando o tronco de palmeiras que se expandem pela sua copa.
Bahgad Köshü, o Pavilhão de Bagdad
Interior com belíssimo trabalho de azulejos em cor azul e abóbada com decoração reticulada em vermelho.
 
Bahgdad Köshü, o Pavilhão de Bagdad
Interior com janelas inferiores transparentes guarnecidas por fora com grades douradas e poltrona confortável para o Sultão se reclinar. Em frente da poltrona tapete em cor vermelho escura.
 
Bahgad Köshü, o Pavilhão de Bagdad
Janelas superiores com vitrais e em arco e as inferiores retas e com os vidros transparentes, em meio a um esplendoroso trabalho em azulejo.
Bahgad Köshü, o Pavilhão de Bagdad
Aquecedor portai de prata no meio do ambiente, complementando o aquecimento da lareira em cobre, encostada na parede.

Portão Impedrial da Porta Sublime
Saindo do Palácio Topkapi ficamos admirados com a espessura dos portões da Porta Imperial da Porta Sublime. Aquela aonde eram penduradas as cabeças dos que caíam em desgraça com o Sultão.

                                        
Mesquita Azul
Na saída do Palácio de Topkapi tivemos acrescentados a nossa alegria de ter visitado o Palácio a de avistar esta jóia da arquitetura humana.
 
                                      
Aya Sofya
A Basílica da Sabedoria Divina, um monumento, um marco histórico indescritível, só atingido ao seu esplendor, mais de um milênio depois pelas basílicas de São Pedro em Roma, de São Paulo em Londres e de Milão.